• Marte Engenharia

Análise dinâmica não determinística de torres de telecomunicações submetidas à ação do vento


Dissertação de mestrado apresentada por Mariana Rechtman.

A principal motivação para o desenvolvimento desse trabalho é o crescente

aumento dos problemas estruturais relacionados à ação do vento em estruturas

metálicas treliçadas para telecomunicações. Esse estudo pretende desenvolver uma

metodologia baseada na avaliação da resposta de estruturas esbeltas quando

submetidas a carregamentos dinâmicos não determinísticos da ação do vento, através

da aplicação de formulações matemáticas utilizadas para a modelagem randômica da

ação do vento. Com esse objetivo, foi elaborado um modelo estrutural composto por

uma torre metálica de telecomunicações existente com altura de 100,3 metros. A

interação solo-estrutura foi representada através da inserção de molas lineares com

rigidez axial na modelagem das fundações, compostas por quatro tubulões em

concreto armado de 0,7 metros de diâmetro e 7,0 metros de comprimento, sendo um

em cada pé da torre. Na modelagem da torre e das fundações foi aplicado o método

dos elementos finitos (MEF), através do programa ANSYS. Foram elaborados dois

modelos distintos, um com a torre isoladamente (apoios rígidos) e outro com a

modelagem das fundações e a consideração da interação solo-estrutura para a

observação das diferenças entre os comportamentos estruturais das duas

modelagens. Os deslocamentos obtidos pelas respostas estática e dinâmica não

determinística do modelo da estrutura foram comparados com os limites apresentados

em normas de projetos vigentes. Com os dados obtidos nesse trabalho foi possível

observar que existem diferenças significativas na resposta estrutural a partir do

emprego da metodologia desenvolvida e da apresentada nas normas projeto e assim

alertar os projetistas para essa consideração.


Essa dissertação foi apresentada por Mariana Rechtman ao Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil da Universidade Federal Fluminense, como requisito parcial à obtenção do Título de Mestre em Engenharia Civil.


Mariana é engenharia civil na área de estruturas na Marte Engenharia desde 2015, já atuou em diversos projetos e teve presença também no SNPTEE em sua 23ª edição.




Mariana expressa a sua gratidão ao apoio recebido pela Marte Engenharia:

“À Marte engenharia, pelo incentivo para concluir mais essa etapa de minha formação e aos meus colegas de trabalho, em especial aos meus supervisores Juliana Motta e Pedro Taouk pela compreensão e tempo disponibilizado e ao Carlos Costa pelo apoio com o tema relacionado a sua disciplina.”

Clique e confira, na íntegra, a dissertação de Mariana Rechtman.





260 visualizações0 comentário